Boa Noite, hoje é dia 12 de Dezembro de 2019 - Itaguai / Rj
(21) 2687-4654
ITAGUAÍ - Faça parte desse novo mundo de negócios!
Código:
Notícias
08/02/2017
NOVAS REGRAS MCMV
CASA PROPRIA
 

'Minha Casa' amplia foco na classe média

O Estado de S. Paulo, 07/fev - 2017

O governo ampliou o acesso da classe média ao programa Minha Casa Minha Vida (MCMV). O presidente Michel Temer participou nesta segunda-feira, 6, de cerimônia para anunciar que a renda máxima para ser beneficiário do programa subiu de R$ 6,5 mil para R$ 9 mil - quase dez salários mínimos, conforme antecipado pelo 'Estado'. A medida agrada ao setor da construção civil, que sofre duramente com a recessão e exerceu grande pressão sobre o governo em busca de incentivos.
 
O governo confirmou o reajuste das faixas de renda beneficiadas pelo programa habitacional. Os valores seguiram a informação e foram elevados em 7,69%. Também foi elevado o valor máximo dos imóveis que podem ser incluídos no programa e que usam recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Em São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal, o valor máximo passou de R$ 225 mil para R$ 240 mil. As cidades de Campinas e Santos tiveram teto elevado de R$ 215 mil para R$ 230 mil.
 
O MCMV ampliado terá contratação de 610 mil unidades habitacionais em 2017. O perfil mais "classe média" do programa fica claro na distribuição dessas unidades: 400 mil casas serão destinadas às faixas com maior renda - 2 e 3 - que têm renda entre R$ 4 mil e R$ 9 mil. Entre as demais faixas de renda, a mais baixa terá construção de 170 mil casas neste ano e outras 40 mil unidades ficarão com a faixa 1,5.
 
O governo, porém, nega que haja "desvirtuamento" do programa, que nasceu para habitação popular. "Não há desvirtuamento. O programa tem três faixas. A 2 e a 3 são destinadas a famílias com alguma capacidade para arcar com financiamento", afirmou o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira. No programa, a contrapartida das famílias mais ricas é o juro que sobe conforme a renda. Enquanto a taxa é de 9,16% ao ano para quem ganha R$ 9 mil, o juro é de 5% para famílias com renda de R$ 2,6 mil.
 
Retomada - Além de beneficiar as famílias, o governo não esconde que a medida anunciada tenta ser um indutor para a tão esperada retomada da economia. "O objetivo é que o MCMV tenha no seu cerne a geração do emprego. Estamos dando continuidade ao processo de estabilização da economia e retomada do crescimento", disse Dyogo. Para o governo, a medida "atualiza e dá continuidade" ao programa iniciado na gestão PT.
 
Enquanto faz a arrumação das contas públicas, o ministro do Planejamento minimizou qualquer preocupação com a situação fiscal. Segundo ele, as mudanças exigirão aumento de R$ 8,5 bilhões nos recursos para o financiamento imobiliário. Dos novos recursos, apenas R$ 200 milhões deverão vir dos recursos do Tesouro Nacional. Dyogo destacou que os valores já estavam previstos e, com isso, não haverá impacto no Orçamento deste ano.
 
O restante dos recursos exigidos pelo MCMV virá do FGTS, através de financiamento ou fundo perdido. Com esse aumento, o orçamento do programa passa de R$ 64,4 bilhões para R$ 72,9 bilhões.
 
O conselho curador do FGTS - formado por representantes dos trabalhadores, dos patrões e do governo - aprovou as mudanças no programa, que tem como principal fonte de recursos a poupança forçada que todo trabalhador brasileiro é obrigado a fazer. O conselho também vai permitir que os mutuários da casa própria que estão com prestações atrasadas tenham prazo ampliado de três meses para um ano para colocar a dívida em dia, usando recursos do FGTS, durante este ano. 
 
Desde que o governo anunciou a liberação dos saques de contas inativas do FGTS, no fim de 2016 - o que deve injetar cerca de R$ 40 bilhões na economia -, o setor da construção civil vinha pleiteando um pacote de medidas para o segmento. Entre elas, conforme antecipou o Estado em dezembro do ano passado, estava o aumento da renda dos beneficiários do programa. No mês passado, a equipe econômica bateu o martelo em R$ 9 mil.
 
 
Fonte: JORNAL ESTADO DE SAO PAULO
 
Voltar
INFORMAÇÕES
Inicial
Quem Somos
Pesquisa Completa
Imóveis para Venda
Imóveis para Locação
Financiamento
Notícias
Fale Conosco


NOTÍCIAS
08 de Fevereiro
CASA PROPRIA






Oportunidade em Destaque
Cód: 1610
Itaguaí - Vila Margarida
Casa para Venda
"DOCUMENTAÇÃO GRÁTIS!!!" Imóvel composto por: Cozinha Garagem 2 Quartos Banheiro Social Sala Aceita Pagamento Avista ou Financiado pela Caixa Econômica e outros Bancos!! Agende uma visita ao imóvel sem compromisso! Reserve h...
R$ 130.000,00
Últimos Imóveis Cadastrados Imóveis Mais Vistos
Casa para Venda - Cód: 1610
Itaguaí - Vila Margarida
Valor:
R$ 130.000,00
Área 50,00
2 dormitórios
1 banheiros
Casa Duplex/Nova para Venda - Cód: 1609
Itaguaí - Brisamar
Valor:
R$ 130.000,00
Área 50,00
2 dormitórios
1 banheiros
Terreno para Venda - Cód: 1004
Mangaratiba - Fazenda Muriqui
Valor:
Consultar o valor
Casa para Venda - Cód: 1302
Mangaratiba - Fazenda Muriqui
Valor:
R$ 490.000,00
Área 600
3 dormitórios
3 banheiros
NÃO ACHOU O SEU IMÓVEL?
Informe as características do imóvel que deseja.
NEGOCIE O SEU IMÓVEL CONOSCO!
Oferecemos o melhor suporte a negociação do seu imóvel.
ATENDIMENTO PERSONALIZADO
Entre em contato com a gente para que possamos ajudar.
www.petersimoveis.com.br

Peters Imóveis

Rua Manoel Joaquim da Paixão, 100
Centro- Itaguaí/RJ
Telefone fixo:
(21)2687-4654 
 Celular/Whatsapp (21) 96476.0317 - 96498.6169 

E-mail: petersimoveis@gmail.com

Mapa de Localização
A Peters Imóveis - Solução em negócios imobiliários faz parte do desenvolvimento de Itaguaí. Vem, desde 2007, atuando na região de Itaguaí e Seropédica com Visão; Qualidade; Seriedade; Ética e Profissionalismo em um segmento que cresce junto: Negócios imobiliários. Abaixo relacionamos as diversas modalidades de negócio jurídico, onde atuamos desde a fase embrionária até a celebração da escritura. 1 – ATUAÇÃO PREVENTIVA - Serviço de consultoria personalizado, obtendo e realizando ampla análise da cadeia sucessór...
(21) 2687-4654
petersimoveis@gmail.com
Atendimento de segunda a sexta a partir das 8:30 da manhã.
Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias